segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Acorde da borboleta


Porque precisamos acordar,lavar o rosto com a água da realidade e encarar a vida.

Sinta a brisa.

Nade em pensamentos firmes,sinta-se mais leve.

Fique pertos de pessoas que te faça bem,sinta-se bem consigo mesmo.

É preciso amar,mesmo que pequeno.

É preciso rir,mesmo que não seja belo.

Não é feio chorar.

Chore de felicidade.

Não é feio amar,ame intensamente.

Lute.

Lute pelos seus amores,pelo seus sonhos,pelo seu reconhecimento.

Viva.

Procure borboletas,pule corda,vença os obstáculos,encontre você em você mesmo.

Porque quando acabar,não terá acabado.


Nycolas Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário